segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

E se meu personagem sabe coisas que eu não sei?

Bom, vá procurar saber. Existem bibliotecas em que existem livros de todos os tipos, você pode procurar pelo catálogo e achar vários livros sobre quase qualquer assunto. Você vai acabar descobrindo que um monte de gente já pensou um monte de coisa antes de você, que a gente não precisa começar do zero de novo. O problema é que você vai gastar bastante tempo lendo livros inteiros, procurando manualmente o que você quer saber, sem cntrl + f, indo à biblioteca pra pegar livros e devolvê-los. Pra evitar isso, você pode estudar em casa, na internet. Embora muita coisa que esteja nas bibliotecas ainda não chegou à internet e provavelmente nunca chegará. A internet não substitui uma boa biblioteca, sério mermo.

A grande vantagem é que temos mecanismos de busca que nos trazem resultados muito mais precisos. É muito mais fácil achar coisas aqui. O problema é que se você não sabe o que tá procurando, você tem menos chance de achar. Numa biblioteca, os livros estão ali na sua frente, você pode acabar achando alguma coisa que você quer, por sorte. Esse post é pra ajudar você a achar as coisas.

Primeira regra da internet: Leia em inglês. Sim, o povo que escreve em inglês é muito mais educado e dedicado que as outras línguas. Porque isso? Porque inglês é a língua universal da internet, quando alguém fala inglês na internet ele está atingindo o maior grupo de pessoas no mundo ocidental, cerca de 1.25 bilhões de pessoas. Por isso gírias e xingamentos são eliminados, a linguagem tem que ser ascéptica, com poucas características regionais, pra ser fácil de ser entendida por todo mundo. Então, seja educado e aprenda inglês.

Segunda regra: procure por tags. Se você quer saber "a que horas o sol se põe em brasília no verão" digite apenas "pôr-do-sol brasília" se não achar um site que te diga todas as informações do ano inteiro, adicione "verão". Se não achar nada na primeira página, adicione "horário" que era o que você queria saber desde o começo.

Terceira regra da internet: Não acredite em nada nem ninguém só porque ele está "bombando". Walter Benjamin, já publicou em 1936 como as coisas estão perdendo a aura, por causa da possibilidade de cópia de qualquer coisa, até da arte. É muito fácil copiar as coisas na internet, hoje em dia tem inúmeros scripts pra que você copie uma página inteira com um clique. Só porque repete várias vezes não dá credibilidade pras coisas. Acredite apenas em fontes fortes que nunca te deixaram na mão, tipo o IMDB.

Tem um livro chamado Segredos do Google, que tem várias pequenas funcionalidades que pouca gente conhece do maior motor de busca do mundo.

Canais no Youtube pra se seguir:

Ciências: Smarter Every Day; Minute Physics; Numberphile; Sixtysymbols, Test Tube; Periodic videos;
Esportes Radicais (sim, tb é conhecimento): Go Pro; Red Bull;

Coursera: Um site que disponibiliza cursos de universidades do mundo inteiro online. Os cursos são das mais variadas alçadas, desde "Literatura: Fantasia e Ficção Científica" a "Astrobiologia" (desenvolvimento de vida em planetas fora de Terra). Dá uma fuçada lá. Acho que o site deles ainda tá todo em inglês (Regra 1) mas todos os cursos têm a opção de legendas. Nem todos tem legendas em português ainda, mas as legendas em inglês ajudam bastante.

Use indiscriminadamente, conhecimento nunca é demais. Isso vai te ajudar não só a criar personagens mais verossímeis, mas também vai te ajudar a evoluir seus jogos de fantasia pra outro nível. Quanto mais você conhece a realidade, mais fácil é fugir dela. Pra jogar Mago: A ascenção, essas coisas são uma super mão na roda pra criar tecnologias futuristas pra Tecnocracia ou usar as esferas Forças, Matéria, etc.

Um beijo na bunda galeris.

P.S.: Esse meu post foi no nível Hacker truezão ensinando as putaria da internet:

Interface gráfica é coisa de baitola, a treta aqui é só texto.


Um comentário:

  1. isto mesmo!
    deixa a interface gráfica com o baitolão aki! o/ ehauiehoaieuhaoeiuhaeoiuaheoiuah!!

    ResponderExcluir